segunda-feira, 25 de junho de 2007

Presentation of the characters...





G1 - 25 years
Management
Lisbon, Dhaka


G2 - 25 years
Communication Design*
Lisbon, London
Can´t decide if to write in Portuguese or English, ho bloody hell let´s do both!
"the short one"

G3 - 25 years
Communication Design*
Lisbon, London
"the tall one"

* or Graphic Design nowadays, specially in this image based society. I really believe that one is different than the other

3 comentários:

renata disse...

Hello Sirs!
Antes de mais, parabéns pela ideia, pelo blog. Vamos andar para a frente com isto!
Entretanto, nos meus estudos de literatura inglesa, deparei-me com umas palavras do mestre D.H. Lawrence, escritas em 1919!!!, oram vejam: "We are in a period of crisis. Every man who is acutely alive is acutely wrestling with his own soul. The people that can bring forth the new passion, the new idea, this people will endure. Those others, that fix themselves in the old idea, will perish with the life strangled unborn within them. MEN MUST SPEAK OUT TO ONE ANOTHER."
Genial, não? 88 anos depois e mesmo assim tão actual, tão verdadeiro. Aqui segue uma dica: quando quiserem ler algo e não sabem pelo que optar... tentem D.H. Lawrence, não se vão arrepender.
Um especial abraço ao G1, estou à espera de saber novas sobre essa parte do mundo! A todos, um abraço!
Hasta
Renata

André Coral disse...

Fantastico!
D.H. Lawrence um nome a reter.
De onde provem estas palavras? de que livro?

Deixo tambem umas palavras do grande Timothy Leary que teem relaçao directa com o conteudo destas de D.H. Lawrence.

"Make questions!
Demand Answers!"

renata disse...

Pois bem, este comentário de Lawrence encontra-se no Foreword ao livro 'Women in Love' (não se deixem enganar pelo título, o livro é genial!) A cena é que Lawrence estava muito para além do seu tempo, basta lembrar que foi censurado, em muitos países, até aos anos 60!
Apesar de se contextualizar no pós-primeira guerra mundial, as suas reflexões e críticas sobre a humanidade e a sociedade continuam extremamente actuais e é tão estranho... evoluimos tão pouco, tão devagar ou quase nada...

Free Blog Counter

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.